Novo Fies 2020

Com o novo Fies, você terá menos juros para pagar no financiamento de seus estudos. Além disso, a faixa de renda foi ampliada para atingir mais estudantes que queiram ingressar no ensino superior. Saiba de todas as mudanças que começaram a valer a partir do segundo semestre de 2018!

Programa que estabelece participação no Enem, o Fies – Fundo de Financiamento Estudantil já permitiu milhares de estudantes ao curso superior. Ele foi criado em 1999, pelo MEC – Ministério da Educação, a fim de atender estudantes de baixa renda.

conheça novo fies

Assim, ao longo dos anos vem modificando o seu formato e seus parâmetros com o objetivo de melhorias para todos. Desse modo, desde o ano passado, o governo federal implementou novas regras que começaram a valer ao ingressar os novos alunos ao programa.

Descubra a seguir quais mudanças foram estabelecidas na criação desse novo Fies.

Novo Fies – O que mudou?

Chamado de novo Fies, o programa de financiamento estudantil ganhou um novo formato. Sendo assim, já começou a valer a partir do segundo semestre de 2018 para novos integrantes. No entanto,  se você já está estudando com o antigo Fies e deseja migrar para o novo, pode fazê-lo normalmente.

fies site

Dentre as principais mudanças que ocorreram e suas características, vale a pena destacar:

  • Passaram a entrar em vigor desde o segundo semestre de 2018
  • Quem já possui contrato pode migrar para o novo Fies
  • O início para pagar as parcelas do financiamento Fies só serão exigidas após você se formar
  • Caso trabalhe de carteira assinada, as parcelas serão descontadas em folha d epagamento. O valor dependerá da renda do aluno
  • Se estiver desempregado, a parcela será mínima bem parecida a que era paga durante o curso
  • Existem 3 categorias que o aluno poderá se encaixar que atenda a diferentes perfis de alunos.
  • A taxa de juros foi reduzida
  • Maior sustentabilidade ao programa
  • Além de outras pequenas alterações

Para você ter acesso ao novo Fies, acesse aqui e leia na íntegra!

O que não mudou nesse novo Fies?

Há dois itens que não foram modificados e continuam a valer nesse novo Fies, os quais são:

  • Não financiamento para a modalidade de EAD – Educação à Distância
  • É obrigatório o estudante realizar o Enem para participar da seleção

Novo Fies – Requisitos para participar da seleção

Aqui estão descritos os requisitos de participação ao novo Fies. Então, confira abaixo:

  • Ter realizado alguma edição do Enem a partir de 2010
  • Ter atingido a média igual ou superior a 450 pontos
  • Não ter zerado na redação
  • É necessário ter um fiador
  • Comprovar a sua faixa de renda

Ao cumprir esses requisitos, você será direcionado a seleção das vagas. É importante ressaltar que para o ingresso do curso desejado, o novo Fies leva em conta diversos fatores como as vagas disponíveis.

Assim, é importante averiguar se o curso que você quer tem vaga suficiente para você ingressar.

Leia como fazer inscrições Fies 2020 aqui.

Conheça as modalidades Fies

O Fies é um Fundo de Financiamento Estudantil com o propósito de ajudar no acesso ao Ensino Superior. Só que como o nome diz, é um financiamento e não uma bolsa de estudos. O que significa que em algum momento os estudantes terão que pagar esse valor financiado.

Esse pagamento é com juros zero ou baixíssimos, variando de acordo com a modalidade que você se encaixar no Fies. Durante o curso você precisa pagar apenas um pequeno valor trimestral. Só após formado você realmente precisa pagar o valor do seu curso.

Existem duas modalidades do Fies: o Fies e o P-Fies. O Fies é a modalidade I, aqui podem se candidatar quem tem de renda familiar no máximo três salários mínimos.

Já o P-Fies modalidade II e III, a modalidade II é para quem é das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e que possuem renda familiar mensal por pessoa de até cinco salários.

E a modalidade III é para estudantes de todas as regiões do Brasil com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.

Quer saber se vai precisar pagar algo para fazer o Fies 2020? Então observe o próximo tópico!

Preciso pagar alguma coisa?

Você não precisa pagar nada para se candidatar a uma vaga através do Fies 2020. No entanto, se aprovado você terá uma taxa trimestral para pagar e após formado deverá pagar o valor do curso de acordo com o que foi estabelecido no contrato.

Por isso é preciso estar bem ciente de que terá sim uma dívida ao concluir a faculdade e se planejar bem para conseguir pagar com tranquilidade.

Vamos conhecer agora quais são os requisitos para conseguir um financiamento estudantil através do Fies em 2020?

Qual é o cronograma do Fies 2020?

Ainda não foi divulgado o edital com o cronograma do Fies para 2020, no entanto, podemos fazer uma previsão do cronograma nos baseando nos anos anteriores do Fies. Espie a seguir a nossa previsão de cronograma para o Fies 2020:

  • Inscrições 7 a 14 de fevereiro de 2020
  • Resultado das modalidades FIES e P-FIES 25 de fevereiro
  • Complementação da inscrição na modalidade FIES 26 de fevereiro a 7 de março
  • Complementação da inscrição postergada 28 de fevereiro a 11 de março
  • Lista de espera – Modalidade FIES 27 de fevereiro a 10 de maio

É preciso cuidar muito com os prazos e depois sempre pagar as suas taxas em dia, afinal você não vai querer perder a sua vaga, não é mesmo?

Agora aprenda em nosso último tópico como realizar a sua inscrição no Fies 2020:

Como fazer a minha inscrição?

A inscrição do Fies é um pouco mais complicada que os outros programas do Governo Federal como o Sisu ou o Prouni pois envolve juros, prazos e fiadores. Mas mesmo assim acontece através da internet e é bem mais fácil que um financiamento direto com o seu banco.

Para você se inscrever no Fies 2020 faça o seguintes:

  • Acesse o portal oficial do Fies 2020 pelo site aqui;acesso
  • Aperte em “clique aqui” no quadrado de primeiro acesso;
  • Informe seu CPF, data de nascimento, um endereço de email e crie sua senha;
  • Efetive sua inscrição;
  • Caso seja pré-selecionado, escolha a vaga que deseja;
  • Defina como será seu financiamento;
  • Termine sua inscrição.

É importante ressaltar que você precisará confirmar todas as informações na hora de fazer a matrícula presencial em sua faculdade. Por isso é preciso ser sempre honesto e preencher a sua inscrição de uma forma que você consiga comprová-la posteriormente.

Você ainda ficou com alguma dúvida sobre o Fundo de Financiamento Estudantil, Fies 2020? Deixe a sua dúvida nos comentários e responderemos o mais rápido possível!

One comment

  1. Se ingressarei na faculdade em 2020 e aulas começarão em fevereiro deste mesmo ano, as primeiras mensalidades, visto o lapso temporal até a efetivação do financiamento, eu terei que pagar do próprio bolso?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *